Uma comunicação inovadora para favorecer sua paróquia

Comunicação inovadora: as novas formas de comunicar

Uma comunicação inovadora é algo primordial para uma boa gestão paroquial. De outro lado, a Igreja, “mestra em humanidade”, não deixa de perceber o alcance simbólico e cultural desse desenvolvimento técnico. Todo meio de comunicação traz em si novas mensagens e um novo modo de lançar nosso olhar sobre o outro. Sendo assim, há uma lógica conceitual clara. Já que comunicar é relacionar-se, no processo de transformação dos meios e modos de comunicar, temos necessariamente um novo processo de relacionamentos.

Leia também:
Marketing Religioso: 5 razões para utilizá-lo em sua paróquia

Obviamente a Igreja não mais detém a dinâmica da comunicação formal. Sua presença será sempre de uma voz que clama no meio de tantas outras. Houve um tempo em que o monopólio dessa formalidade comunicacional era guardado em locais seguros, nas grandes bibliotecas e nos interiores dos claustros. Hoje, meios e conteúdos multiplicam-se, pululam e são disseminados em todas as esferas sociais.

Esse fato, que fica cada dia mais nítido faz com que a Igreja e nós, cristãos, obriguemo-nos a entender esses processos. Conhecer os meios, aprimorar a técnica e produzir bons conteúdos que reforcem o mandato a que fomos chamados. Em outras palavras, proclamar a Boa Nova do Reino de Deus. Aliás, cabe aqui um pensamento. Ao ler os Evangelhos não nos parece que Jesus dominava muito bem as técnicas de comunicação de seu tempo, sobretudo a força da oralidade? E não nos parece que, mais do que dominar a técnica de falar, Jesus tinha algo significativo para dizer àqueles que o ouviam?

Dicas para a Pastoral da Comunicação

Uma comunicação inovadora para favorecer sua paróquia

Membros da Pastoral da Comunicação

Em primeiro lugar, são muitos grupos atuantes, criativos e cheios de desejo de fazer sempre o melhor para que o Evangelho seja difundido. Dessa forma, observando certos grupos, sugiro alguns métodos importantes para que cada grupo busque se fortalecer e aprimorar a comunicação em sua comunidade. São orientações que ajudarão na composição de uma pastoral atuante e inovadora. Para isso, basta seguir esses três aspectos fundamentais:

  1. Adquira conceitos de comunicação integrada;
  2. Técnicas de elaboração de conteúdos para meios específicos, como impressos, rádios e televisão, domínio instrumental de aparatos tecnológicos básicos, linguagem apropriada;
  3. Interesse e o reconhecimento – moral e financeiro – dos padres, bispos e coordenares das comunidades e dioceses.

É preciso dizer com todas as letras: no mundo da comunicação social somente a boa vontade não resolve. Contudo, talvez seja um ingrediente fundamental, mas não sustenta um trabalho sério de uma Pastoral da Comunicação.

Leia também:
Liderança na paróquia – a missão do líder e o poder do exemplo

2 caminhos práticos

1º passo: mostrar aos responsáveis da comunidade que não há futuro para a fé se não houver investimento – humano e material – na comunicação em nossas comunidades e na Igreja como um todo.

2º passo: aos agentes de pastoral da comunicação cabe buscar o aprimoramento técnico e, obviamente, o desenvolvimento da criatividade.

Enfim, nada disso valerá se não tivermos clareza da mensagem a ser comunicada!

Padre Evaldo César de Souza, CSsR é Missionário Redentorista e atuante na Comunidade das Comunicações Afonso de Ligório, em Aparecida.

Texto escrito por Padre Evaldo e adaptado por Redação Promocat

©[2019] Portal Paróquias - Todos os direitos reservados a Promocat Marketing Integrado

CONTATO

Não há nenhum operador online, mas você pode nos enviar um e-mail e retornaremos o mais breve possível.

Enviando
ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Create Account