Secretaria paroquial: um espaço de escuta e acolhida

Secretaria paroquial: um espaço de escuta e acolhida

Todos almejamos encontrar um espaço para exteriorizar alegrias, decepções, tristezas, carecemos sentir-se acolhido, valorizado, pois de tal vivência brota o bem estar e a felicidade.

 

VOLTAR PARA O ÍNDICE DA EDIÇÃO 94

 

Quando alguém adentra os espaços da Igreja, sobretudo nossas secretarias, a pessoa pressupõem que será acolhida, compreendida, escutada, ao menos percebida. Como instituição religiosa, nossos espaços devem evangelizar, irradiar a fé que professarmos e o Cristo que seguimos. Sendo assim, a secretaria da paroquia pode ser um lugar de escuta, empatia e irradiação de uma atmosfera de paz e confiança para quem procura nosso auxilio.

Como é bom adentrar um espaço e sentir-se valorizado, visto, reconhecido como alguém importante, tratado com carinho e respeito. Todos aqueles que colaboram diariamente em nossos espaços sagrados podem e devem sentir-se missionários, evangelizadores, tratando cada pessoa com a estima que cada um merece.

Secretaria paroquial: um espaço de escuta e acolhida

A secretaria paroquial é um espaço que assegura ao fiel compreensão e aquela acolhida tão presente nos diversos encontros de Jesus com seus contemporâneos. Sugerimos que todos aqueles que atuam como colaboradores diretos e imediatos em nossas secretarias observem as seguintes atitudes:

  1. Permita que cada pessoa se expresse e manifeste seu desejo;
  2. Escute nas entrelinhas, demonstre afeto;
  3. Procure se interessar genuinamente pelo que o outro fala e manifeste real interesse pelo outro;
  4. Esforce-se para oferecer uma devolutiva satisfatória e clara, pois para a pessoa, tal questão é importante.

Estas breves indicativas podem ajudar a desenvolver em nossos agentes que atuam nas secretarias um senso de missão, pois os mesmos estão atuando em espaços sagrados, e podem, deixar-se impregnar pela mística e espiritualidade deste ambiente.

Por Pe. Arilço Chaves Nantes pertence ao Clero da Diocese de Naviraí/Regional Oeste I. Pároco na paróquia São Pedro Apóstolo, município de Angélica/MS. Doutorando em Psicologia pela Universidad de Ciências Empresariales y Sociales (UCES), Buenos Aires/Argentina.

Veja os outros artigos da edição 94:

 

VOLTAR PARA O ÍNDICE DA EDIÇÃO 94

©[2022] Portal Paróquias - Todos os direitos reservados a Promocat Promotora Católica

ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?