Qual é o seu IKIGAI?

Pode parecer uma palavra estranha, mas ela é bem usada no mundo corporativo, nas empresas que sabem o valor do ser humano, sabem que os colaboradores são de fato o melhor e maior benefício que elas podem agregar no desenvolvimento do seu papel corporativo, e também tem sido inserida nas comunidades paroquiais e em cursos de formação de cunho religioso.

Ikigai é uma palavra japonesa que significa “razão de viver”, “objeto de prazer para viver” ou “força motriz para viver”. É possível encontrar diversas teorias sobre essa etimologia, mas todas vão ao mesmo encontro no final: Sentido da Vida! Infelizmente muitas pessoas desconhecem o sentido da própria vida, não sabem quem são e tão pouco qual o seu real papel aqui nesse mundo.

Descobrir qual é o seu ikigai é tomar consciência do Amor de Deus e que impulsiona e nos faz manter em harmonia, paz e satisfação nas diferentes áreas da vida, inclusive no nosso testemunho cristão no mundo secular. “Irmãos, não penso que eu mesmo já o tenha alcançado, mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que ficaram para trás e avançando para as que estão adiante, prossigo para o alvo, a fim de ganhar o prêmio do chamado celestial de Deus em Cristo Jesus.” (Filipenses 3,13-14).

Saber o sentido na vida está (inclusive no homem moderno) profundamente ligada ao entendimento de Quem Somos (nossas crenças, nossas verdades, nossos relacionamentos, nossa cultura, etc.), mas também em boa parte sobre o que fazemos (profissão, vocação, trabalho, lazer, etc.). Assim, em muitos casos nossa percepção sobre nossa Razão de Ser dificilmente estará completa sem encontrarmos consonância entre o quem somos Imagem e Semelhança de Deus – Gn 1,26, e o que fazemos – Mateus 25:14-30. Em outras palavras, em um mundo no qual nossa identidade apresenta uma profunda correlação entre o ser humano e seu trabalho (talvez um vício da sociedade industrial), são poucas as pessoas que se sentem felizes e com seu propósito realizado sem ter compreendido aspectos pessoais e profissionais.

Qual é o seu IKIGAI?

Mas como descobrir o meu sentido de vida?

Conheça 3 passos que nos ajudam a identificar e alinhar nosso Ikigai. Que está nas respostas:

O que te motiva? O que te faz feliz quando sempre que você realiza essa atividade?

  1. Saia do piloto automático: Isso mesmo, desligue-se por alguns minutos, e pense: O que você faz lhe traz felicidade? O que você (não o outro) precisa fazer para ser de fato mais feliz?
  2. Escreva alguns talentos, algumas habilidades que você tem e são tranquilas para você.
  3. Escreva em uma frase sobre quem você é! Escreva quantas vezes for necessário.

Encontrar, definir o ikigai é o que nos faz entrar em ação, atitudes coerentes e congruentes com os valores cristãos. Ele exige muito de você e o faz se sentir vivo, livre e cheio de força, sendo você cada vez mais forte do que a sua melhor desculpa.

O meu ikigai é: Fazer com que cada pessoa atinja seus objetivos, e compreenda o seu propósito de vida para que a desenvolva com amor, satisfação e alegria, alcançando realização e felicidade juntamente com a expansão de seu potencial, sempre em congruência com a Valores Éticos e Morais da Santa Madre Igreja.

Paulo Cesar Carneiro de Oliveira é Filósofo e Teólogo. Coach e Master Practitioner em PNL. Estudou Psicologia, Administração e Gestão de Pessoas. Criador do Curso de Liderança Kénosis – Voando em Águas profundas, e Curso Online “Auto Conhecimento Chave para Liderança e Desenvolvimento”. Especialista em Desenvolvimento Humano. Conferencista Digital. Autor de: “Inteligência Emocional – História, Conceitos e Utilização”; Organização de Eventos – do Casual ao Congresso; Emprego, como conquistá-lo – Um prático guia para Candidatos obterem sucesso na entrevista de emprego; Liderança e Inteligência Emocional – na formação do líder de sucesso. Site: www.coachcatolico.com.br

Veja os outros artigos da edição 82:

©[2022] Portal Paróquias - Todos os direitos reservados a Promocat Promotora Católica

ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?