Promova uma Nova Evangelização resgatando a importância da devoção popular na família, na comunidade ou na paróquia

Promova uma Nova Evangelização resgatando a importância da devoção popular na família, na comunidade ou na paróquia

O desafio hoje é resgatar o valor, a beleza e a importância da verdadeira devoção popular na pastoral de conjunto da Igreja. Essa religiosidade que é como um eixo motivacional para o crescimento da fé que conduz o cristão a adentrar o mistério pascal e a assumir o papel de protagonista da evangelização.

 

VOLTAR PARA O ÍNDICE DA EDIÇÃO 99

 

A devoção popular ao Patriarca de Nazaré faz parte da espiritualidade cristã, pois traz em seu bojo a presença viva e atuante da família de Nazaré: Jesus, Maria e José. Essa sagrada comunidade que qualifica e dignifica a família humana e nos apresenta o verdadeiro sentido e missão de cada um de seus membros: o pai, a mãe e os filhos. Os devotos e iniciados na escola de São José encontram um apelo para trilharem os caminhos que levam à santidade.

O fascínio é uma força que nos move em direção aos mistérios da alma. Ao olharmos para a figura de São José somos atraídos a entrar no mistério divino. O silêncio que se apoderou desse homem o fez ser conhecido como servo bom e fiel, que se santificou na procura de ajustar a sua vida à vontade divina. Seu lema de vida: em tudo fazer a vontade de Deus.

José, homem de fé, aprendeu a caminhar na presença de Deus. Teve sempre os olhos e o coração voltados para o céu e as mãos e os passos voltados para família, o trabalho e a comunidade. Tinha consciência de que era um escolhido por Deus e chamado a colaborar no plano da salvação da humanidade.

 

Promova uma Nova Evangelização resgatando a importância da devoção popular na família, na comunidade ou na paróquia

 

O mistério que se esconde atrás da sua figura paterna e de chefe da família de Nazaré, leva os seus devotos a mergulhar cada vez mais na incompreensível realidade da presença de Deus na história da humanidade que convida o homem e a mulher a cooperar na expansão do reino de Deus.

São José é o patrono da Igreja Universal Católica, padroeiro dos marceneiros e carpinteiros, dos operários e trabalhadores, da boa morte, dos órfãos e abandonados, das famílias, dos pobres… Padroeiro das centenas de congregações religiosas, dos migrantes, orientador das vocações sacerdotais e religiosas, das comunidades de vida e dos casais.

Ensina-nos a valorizar e a amar a família e nos mostra que o homem e a mulher que procuram trilhar os caminhos de Deus são felizes e que e os filhos são um milagre dos céus, porque até Deus quis viver numa família humana.

“São José não falha”, dizem os antigos devotos desse varão justo, trabalhador e chefe de família que se santificou exercendo com fidelidade e amor a sua vocação matrimonial e a de educador do menino e adolescente Jesus.

OVES-CATEQUESE

 

4 motivos para promover o Terço Abençoado de São José

  1. Renascer, por meio das pastorais, o ponto de convergência entre fé e a cultura, levando o cristão a perceber que, acima de tudo, a vida humana é dom e prioridade absoluta na escala de valores, e que clama pela sua defesa e privilégio desde a sua gestação até o seu fim;
  2. Levar para as pessoas, vítimas do vício do álcool, dos jogos de azar, ou de qualquer tipo de dependência química, discriminadas pela sociedade, marginalizadas, ou seja, em muitas outras situações, a devoção a São José transforma a vida de toda pessoa, nas famílias e nas comunidades;
  3. O ‘Terço Abençoado de São José’ é um instrumento de devoção que leva a pessoa que o reza e medita seus mistérios, a alcançar uma graça especial: a de se apaixonar por esse bondoso santo de Deus, conhecendo mais sobre sua vida e missão na história da humanidade e na história da Igreja;
  4. O ‘Terço Abençoado de São José’ é um complemento harmonioso à devoção mariana. Contribui para a nossa compreensão acerca do grande e misterioso plano da salvação do povo de Deus, esse projeto em que José e Maria exercem cada qual uma missão de grande relevância, e no qual harmoniosamente se completam.

Tenhamos sempre nos lábios e no coração, em qualquer momento de tribulação, na luta de cada dia, a preciosa invocação: “Valei-me, São José”. Sua resposta não se faz esperar.

Por Padre Luiz Roberto Teixeira Di Lascio

Veja os outros artigos da edição 99:

VOLTAR PARA O ÍNDICE DA EDIÇÃO 99

©[2022] Portal Paróquias - Todos os direitos reservados a Promocat Promotora Católica

ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?