Papa Francisco se encontra com o Patriarca de Constantinopla no Vaticano

O encontro fraterno entre Francisco e Bartolomeu I, Patriarca de Constantinopla, no Vaticano

Ao meio-dia da última terça-feira, 18, o Patriarca de Constantinopla foi recebido pelo Papa Francisco, no Vaticano. Após o encontro, acompanhados pelas respectivas delegações, almoçaram juntos na Casa Santa Marta.

Em comunicado, a Sala de Imprensa da Santa Sé, por meio do diretor Matteo Bruni, informou: “O encontro ocorreu em um ambiente fraterno e foi seguido pelo almoço conjunto, com as respectivas delegações, na Casa Santa Marta”

Dessa forma, antes do encontro, à convite do secretário do Conselho dos Cardeais, Dom Marcello Semeraro, o Patriarca fez uma breve saudação aos membros do Conselho dos Cardeais, enfatizando a eles o valor da sinodalidade na Igreja Ortodoxa e assegurou a sua oração.

Leia mais:
A comunicação evoluiu e nós também: a Revista Paróquias agora é digital e mensal!

Encontro de líderes

Os dois líderes se encontraram, pela última vez, na cidade italiana de Bari, em 7 de julho de 2018. O dia era especial de oração e reflexão pela paz no Oriente Médio, reunindo patriarcas e líderes cristãos do Oriente Médio.

Papa Francisco, em um significativo gesto, presenteou Bartolomeu I com algumas relíquias do Apóstolo São Pedro. Os presentes foram entregues à delegação do Patriarcado Ecumênico, em 29 de junho de 2019.

Em uma carta enviada à Bartolomeu I há poucos dias, Francisco afirmou que a paz nasce da oração, e que acrescentou “que teria tido um significado importante que alguns fragmentos das relíquias do apóstolo Pedro fossem colocados ao lado das relíquias do apóstolo André, que é venerado como padroeiro celeste da Igreja de Constantinopla”.

Em entrevista concedida à Andre Tornielli, o Patriarca Ecumênico disse ter ficado surpreso ao ter sido presenteado pelo “nosso irmão Papa Francisco, “com tal tesouro”.

Bartolomeu I também falou na entrevista sobre três significados ecumênicos de tal gesto, entre eles, “o vínculo de fraternidade que une São Pedro e Santo André, padroeiro do Patriarcado Ecumênico” e a “busca da unidade e da comunhão”.

Leia mais:
Papa Francisco se alegra com a troca de prisioneiros entre Rússia e Ucrânia

Com informações de Vatican News

©[2021] Portal Paróquias - Todos os direitos reservados a Promocat Promotora Católica

ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Create Account