O remédio contra a hipocrisia é a autoacusação, afirma Papa Francisco

Em homilia, Papa Francisco alerta: “Há uma atitude que o Senhor não tolera: a hipocrisia. É o que acontece no Evangelho de hoje. Convidam Jesus para jantar, mas para julgá-lo, não para fazer amizade”

O tema da homilia da missa celebrada nesta manhã na Casa Santa Marta fala sobre a hipocrisia. O tema sugerido pelo Evangelho do dia, narra a história de Jesus que foi convidado por um fariseu para jantar. O Mestre é criticado pelo anfitrião, pois o mesmo não havia lavado as mãos antes de estar à mesa.

Em seu comentário, Francisco afirma: “Há uma atitude que o Senhor não tolera: a hipocrisia. É o que acontece hoje no Evangelho. Convidam Jesus para jantar, mas para julgá-lo, não para fazer amigos”.
Ainda em seu discurso, o pontífice comentou que a hipocrisia “é precisamente aparentar ser de um jeito e ser de outro”.

Leia mais:
Durante o Sínodo, Papa é presenteado com patena e cálice feitos de pau-brasil

A hipocrisia é a língua do diabo!

“A hipocrisia é a linguagem do diabo, é a linguagem do mal que entra em nosso coração e é semeada pelo diabo. Não se pode viver com pessoas hipócritas, mas elas existem. Jesus gosta de desmascarar a hipocrisia. Ele sabe que será precisamente esse comportamento hipócrita que o levará à morte, porque o hipócrita não pensa se usa meios lícitos ou não, vai em frente: calúnia? “vamos caluniar”; falso testemunho? “busquemos um falso testemunho”.

É necessário ser curado deste comportamento. Mas qual remédio, pergunta Francisco? A resposta é dizer “a verdade diante de Deus. É acusar a si mesmo:

Precisamos aprender a nos acusar: “Eu fiz isso, eu penso assim, maldosamente … sou invejoso, gostaria de destruir aquele …”, o que existe dentro, nosso, e dizer isso diante de Deus. Este é um exercício espiritual que não é comum, não é usual, mas procuremos fazê-lo: acusar a nós mesmos, vermo-nos no pecado, nas hipocrisias, na maldade que existe em nosso coração, porque o diabo semeia a maldade. E dizer ao Senhor: “Mas veja Senhor, como sou!”, e dizer isso com humildade.

O ensinamento do Papa é que aprendamos a acusar a nós mesmos, acrescentando “talvez algo muito forte, mas é assim: um cristão que não sabe acusar a si mesmo não é um bom cristão” e corre o risco de cair na hipocrisia.

Com informações de Vatican News

©[2019] Portal Paróquias - Todos os direitos reservados a Promocat Promotora Católica

ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Create Account