Daniel Godri Júnior fala sobre a importância de trabalhar a Comunicação Paroquial
Daniel Godri Júnior reflete a importância de trabalhar a Comunicação Paroquial

Daniel Godri Júnior, palestrante do CONACOMP – Congresso Nacional de Comunicação Paroquial, cede entrevista a respeito de como trabalhar a comunicação em nosso dia-a-dia paroquial

De 17 a 23 de agosto de 2020, a cidade de Aparecida será sede da I Semana da Gestão Eclesial. Os congressos que a Revista Paróquias realizava durante todo o ano, agora se uniram em um só período. O CONACOMP – Congresso Nacional de Comunicação Paroquial, fará parte da Semana, fornecendo conteúdos formativo de comunicação e estratégias para as paróquias. Dessa forma, o congresso possui o objetivo de levar aos participantes a prática e técnicas para obter resultados mais eficazes, utilizando-se de estratégias e conceitos da comunicação.

Leia mais:
LATAM fornece desconto especial para participantes da I Semana da Gestão Eclesial

Palavras do palestrante

O palestrante Daniel Godri Júnior é Administrador de Empresas pela FAE Business School, MBA em Gestão de Negócios pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), Pós-graduado em Marketing, em Ética e Educação. Palestrante há mais de 18 anos no mercado, realizando diversos treinamentos e palestras nas áreas de Motivação, Vendas, Atendimento ao Cliente, Liderança e Marketing.

Com o tema “Comunicação Eficiente, Paróquia Inteligente!” Daniel Godri Júnior irá debater a realidade da comunicação e a importância de torná-la eficiente no ambiente paroquial. Confira a entrevista:

  • De acordo com o tema proposto por você, o que os participantes do CONACOMP poderão esperar?

“Os participantes podem esperar aprender a se comunicar de maneira mais eficaz e eficiente. Como a mente humana funciona, o que dá certo o que não dá em comunicação. Como a comunicação melhora os relacionamentos, o aumento do número de fiéis, os resultados do dízimo. A comunicação integra as Pastorais, Movimentos e as pessoas e evita inúmeros problemas. Dicas de Marketing, de Neurociência e de Comunicação.”

  • Em sua opinião, qual a importância de um congresso como o CONACOMP e quais são as suas contribuições para a Igreja?

“A importância é que quem treina, cresce. E neste sentido um Congresso favorece a troca de experiencias entre participantes e o aprendizado com profissionais renomados da área. Vejo com maus olhos os dois extremos quando falamos em Igreja: Os que pensam que por ser igreja não precisam profissionalizar as coisas, de outro lado, os que tratam igrejas apenas como empresas lucrativas. Deve existir, no meio destes extremos, um lugar harmônico e um justo equilíbrio onde graça e aptidões humanas se encontram. Me incomoda também o famoso “ou”. O que mais importa: o conteúdo de um livro OU sua capa? respondo: ambos… sem uma capa bonita não compramos o livro. E sem um bom conteúdo jogamos dinheiro fora. Pessoas de excelência trocam o OU pelo E.

  • Quais são as suas expectativas para o sucesso do congresso?

Aposto sempre  no sucesso deste tipo de Congresso. Conhecendo a Promocat, sua história e tendo já palestrado em outra ocasião posso dizer que a expectativa é a melhor possível.

  • Ao falarmos de comunicação e marketing para as instituições religiosas, muitas pessoas interpretam a fé como algo mercadológico. Como trabalhar esses conceitos de uma maneira que os fiéis entendam o verdadeiro objetivo dessa comunicação?

Entendendo que Jesus era um grande comunicador. E que de certa maneira estamos sempre “vendendo”. Se não for produtos serão ideias. Quando o padre prega falando da importância de uma boa confissão, por exemplo, está, sem se dar conta, “vendendo” esta ideia. Um bom comunicador consegue, sem dúvidas, melhores resultados. Isto, não significa em hipótese alguma diminuir ou desprezar o mais importante: a graça de Deus, o poder do Espírito Santo. São Paulo fez isso e os resultados na época já mostraram que o homem é incapaz de sozinho fazer a diferença. Contudo, Santo Thomas de Aquino, parece ter encontrado a resposta quando disse que a “graça pressupõe a natureza” ou seja: Se Deus pode e age poderosamente através de pessoas incultas e sem estudo formal agiria ainda mais se estas pessoas estudassem e se formassem.

Tenho muito bem resolvido isto dentro de mim. A Igreja não é um comércio, apenas uma instituição humana, mas, por outro lado, querendo ou não compete com concorrentes extremamente preparados.

Este preconceito com o marketing é resultado da avaliação de maus profissionais e da errada confusão que se faz entre uma ferramenta e a pessoa que a usa.

O velho exemplo da faca, do celular, da televisão e até da religião. São bons ou ruins? depende do fim e do uso que se faz deles. Assim o marketing deve ser entendido apenas como ferramenta de se tratar melhor as pessoas. Deveríamos tratá-las como filhos de Deus, mas não estamos, na maioria dos casos nem as tratando como visitantes… o caminho é longo.

Daniel Godri Júnior será um dos nomes que irá compor o time de palestrantes do CONACOMP, que acontecerá de 21 a 23 de agosto de 2020 no Centro de Eventos Padre Vítor Coelho de Almeida em Aparecida-SP, durante a I Semana da Gestão Eclesial.

Participe do CONACOMP. Inscrições abertas!

I Semana da Gestão Eclesial
Data: de 17 a 23 de agosto de 2020
Local: Centro de Eventos Padre Vitor Coelho de Almeida – Aparecida / SP
Informações: (12) 3311-0665 / comercial@promocat.com.br
Site: congressos.paroquias.com.br/
Realização: Revista Paróquias
Promotoria: Promocat Promotora Católica

Leia mais:
Congresso irá debater a importância da comunicação na vida da Igreja

Por Redação Paróquias

©[2019] Portal Paróquias - Todos os direitos reservados a Promocat Promotora Católica

ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Create Account