Busque novos métodos para ampliar a comunicação entre os fiéis

Buscar novos métodos para ampliar a comunicação impulsionam a relação da Paróquia com seus fieis

Novos métodos para ampliar a comunicação da paróquia devem ser aplicados para uma melhor convivência entre a paróquia e o fiel. A comunicação percorre caminhos acessíveis e os processos evoluem. Conforme os meios e suas especificidades, podem chegar a uma totalidade que abrange a criatividade como extensão das ideias.

A verdade é que a criatividade na comunicação expressa uma abertura em relação ao mundo exterior. Como consequência, a maior receptividade é a experiência. Por isso, na gestão eclesial, a comunicação é fator importante. Isso faz com que as atividades do gestor ou do líder estejam em sintonia com a comunidade. Nesse sentido, ser criativo na comunicação é uma tarefa sempre árdua. Ela exige não só do líder, mas de todo o grupo envolvido com a dinâmica gerencial e pastoral da comunidade.

O envolvimento com a comunicação pelos meios utilizados faz com que o trabalho do gestor ou da gestora, seja mediado pela criatividade. Acima de tudo, pensar o bem daqueles que participam ativamente quanto na colaboração dos trabalhos, como na participação dos fiéis. Logo, diante das capacidades inatas de cada ser humano, mas focando mais de perto o exercício do gestor eclesial, ser criativo na comunicação, demanda algumas formas de interpretação sob a luz da mente que cria e executa, juntamente com o grupo de apoio, no caso a sua comunidade.

Leia também:
As equipes da PASCOM precisam de treinamento e formação

A magnitude dos meios de comunicação

Em uma lógica propícia, este Decreto quer sempre se lembrar da magnitude dos meios de comunicação em nosso mundo hodierno. Ser criativo exige uma mente aberta. Não só para inovar, mas buscar nas raízes fundantes que a Igreja apresenta para ampliar o seu trabalho na paróquia ou casa religiosa. Para uma análise que o auxilie, apresentamos alguns métodos para ampliar a comunicação a respeito das atividades dos católicos (IM 1483-1486):

  1. Promova a boa imprensa, incentivando os leitores desenvolver o espírito critico;
  2. Faça com que a imprensa em sua comunidade publique os fatos, acontecimentos ligados à vida eclesial, de forma que haja sempre a confluência dos pensamentos e ações;
  3. Exiba filmes que favoreça o divertimento do espírito. Além da cultura humana meio de aprendizagem, criando esforços comuns para que toda a comunidade de fiéis associe a a vida com a realidade presente;
  4. Divulgue e aprimore os meios que todos têm acesso fácil: O rádio e a TV. Induzir os ouvintes e expectadores a participar da vida Igreja, sempre é o caminho para que transmita a verdade e a paz;
  5. Incentive arte cênica e propague pelos meios de comunicação. Valorize os bons costumes assim, como cada vez mais propagar a Palavra de Deus.

Portanto, essas ideias colaboram para que diante dos meios comunicacionais, como a imprensa, rádio, TV, internet, entre outros, o gestor (a) pode discernir entre eles melhor caminho para que sua comunidade esteja sintonizada. Ou seja, temos opções de interação. Portando, a Igreja agrega muitas formas de pensar, refletir e indicar caminhos com criatividade e ações oportunas.

Leia também:
Aplicação de ferramentas de Marketing para as paróquias

Marcelo dos Santos é Diretor Editorial da Revista Paróquias. Bacharel e Licenciado em Filosofia e História, pela PUCCampinas/SP. Bacharel em Teologia pelo ITESP/SP.

Texto escrito por Marcelo e adaptado por Redação Promocat

©[2019] Portal Paróquias - Todos os direitos reservados a Promocat Marketing Integrado

CONTATO

Não há nenhum operador online, mas você pode nos enviar um e-mail e retornaremos o mais breve possível.

Enviando
ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Create Account